SAÚDE DA COLUNA – VÉRTEBRAS DESALINHADAS PODEM CAUSAR DOR E ENFERMIDADES

Luxações e Subluxações - Desvio de vértebra e de coluna - Vico Massagista, São José SC - Dor nas Costas, Dor Lombar, Dor na Coluna, Quadril, Escápula, Hérnia de Disco, Bico de Papagaio - Massagem Terapêutica, Quiropraxia, Massoterapia, Acupuntura

coluna-desalinhada-fora-do-lugar-causa-dor-inflamacao-travamento-problemas-caminhar-respirar-andar-se-locomover

 

O que causa a dor?

 
Você já ouviu falar em subluxações?


As subluxações limitam a transferência de impulsos nervosos entre o cérebro e o corpo.

Um órgão tão importante quanto o cérebro, composto por tecido neurológico extremamente delicado, precisa de uma forte proteção. O crânio humano tem esta função porque é composto por uma camada óssea de 5 mm de espessura, muito dura e imóvel. A linha principal de comunicação do cérebro é a medula. Esta sai do crânio e desce pela coluna, através de nervos, que se juntam a órgãos, tecidos e células do corpo.
coluna-desalinhada-fora-do-lugar-causa-dor-inflamacao-travamento-problemas-caminhar-respirar-andar-se-locomover

Subluxação é uma redução da mobilidade ou quando uma articulação/vértebra apresenta um desarranjo articular, podendo interferir ou bloquear a transmissão de impulsos nervosos, impossibilitando os processos naturais de reparação e cura. A subluxação vertebral provoca um estresse, e consequentemente interferência no sistema nervoso. O ajuste quiroprático irá liberar o sistema nervoso das interferências causadas pela subluxação.

Na subluxação a articulação não está “fora do lugar”, nem excedeu os limites normais de movimento, mas sim uma alteração da sua mobilidade, inibindo o movimento em uma ou mais direções. Assim, será estabelecido um estado de disfunção biomecânica e fisiológica.

Se uma subluxação existe, uma fixação também existirá.

95% de todas as perturbações (doenças) do corpo humano são causadas pela compressão ou pinçamento de um nervo no orifício de conjugação, quando há deslocamento de uma vértebra ou disco na coluna vertebral.   Essa é conhecida como a teoria básica da quiropraxia.

As subluxações necessitam ser analisadas por meio de vários testes de mobilidade, muitas vezes, não sendo visíveis aos exames complementares. Após o diagnóstico da subluxação, próximo passo será selecionar a técnica mais adequada para a correção do processo, levando sempre em consideração o estado geral do paciente e os achados da avaliação.

Através de pesquisas e estudo foram identificados cinco componentes da subluxação vertebral. Coletivamente, esses elementos são conhecidos como o complexo de subluxação:

• Cinesiopatológico: Perda de posicionamento vertebral normal e do movimento em relação às vértebras vizinhas, gerando compensações e perda do jogo articular.

• Miopatológico: Alterações patológicas que ocorrem na musculatura espinhal que inclui hipertonicidade, espasmos, fibrose, fraqueza e impróprio ou inadequado funcionamento.

• Neuropatológico: Irritação ou lesão de raízes nervosas espinhais pela compressão, estiramento ou mais comumente irritação química de perto as estruturas espinhal, gerando redução do fluxo axoplasmático.

• Histopatológico: Alterações patológicas que ocorrem nos tecidos, como medula óssea, crescimento anormal fora dos corpos vertebrais e das articulações, fibrose e aderências dos músculos da coluna vertebral e os ligamentos, bem como a desidratação e degeneração dos discos intervertebrais.

• Biopatológico: As mudanças bioquímicas que ocorrem na região da coluna vertebral, que incluem bioquímicos inflamatórios dos tecidos lesionados e resíduos de produtos bioquímicos.

Para um tratamento ter efetividade é necessário que cada componente seja eliminado, assim o corpo terá sua capacidade de cura potencializada. Devemos sempre ter em mente a importância da restauração dos processos e não apenas a redução dos sintomas. Restaurar a biomecânica natural e recuperar a função é ponto crucial no tratamento quiroprático.

coluna-desalinhada-fora-do-lugar-causa-dor-inflamacao-travamento-problemas-caminhar-respirar-andar-se-locomover

QUAIS OS SINTOMAS DAS SUBLUXAÇÕES E DANOS CAUSADOS NA MEDULA ESPINHAL?

 

 

  • Os sintomas variam muito, dependendo de que parte da medula espinhal foi ferido, e quão grave é o dano é. Geralmente, no entanto, os sintomas mais comuns incluem:
  • Perda de sensações de toque
  • Incapacidade de se mover
  • Intestinal e problemas de controle da bexiga (o que é difícil determinar com crianças)
  • reflexos anormais
  • espasmos
  • dores de picadas, causadas por danos nos nervos em torno da medula espinal
  • Dificuldades com a respiração
  • Fraqueza


Medula

 
Da mesma maneira que o crânio envolve o cérebro, a coluna vertebral envolve a medula e permite o movimento e a mobilidade do corpo enquanto o sustenta em pé. Ela cumpre este processo, através de 24 vértebras, que são separadas com graus de movimentos variados e coordenados.  
coluna-desalinhada-fora-do-lugar-causa-dor-inflamacao-travamento-problemas-caminhar-respirar-andar-se-locomover
 
Coluna Vertebral - Entenda a estrutura de sustenção do corpo - Vico Massagista - Tratamento para dor lombar, na coluna, costasm torcicolo, ombro e pescoço.
coluna-desalinhada-fora-do-lugar-causa-dor-inflamacao-travamento-problemas-caminhar-respirar-andar-se-locomover
 
A coluna funciona bem quando todas as vértebras estão alinhadas, uma precisamente em cima da outra. Cada nervo sai entre cada vértebra. Quando a coluna está alinhada, os nervos passam por entre as vértebras sem serem comprimidos, permitindo que a vida possa fluir do cérebro ao corpo, sem qualquer interrupção.
coluna-desalinhada-fora-do-lugar-causa-dor-inflamacao-travamento-problemas-caminhar-respirar-andar-se-locomover
Qualquer vértebra desalinhada acaba interferindo nesse fluxo e tem um efeito prejudicial sobre a saúde. Este desalinhamento é chamado de subluxação (sub = semi; luxação = fora de seu lugar). Subluxação = interferência na transmissão dos impulsos nervosos entre o cérebro e o corpo.
.
Subluxações vertebrais são muito comuns e, na maioria das vezes, assintomáticas. Geralmente, ao serem percebidas, já estavam presentes no corpo há muito tempo. Dor e outros sintomas são somente os efeitos da subluxação e as formas que o cérebro tem para chamar a atenção.
.
O corpo não está programado para ficar doente. Então, se o corpo está dando um aviso, este não pode ser ignorado. A Manipulação Vertebral atua justamente nesta raiz do problema.
.
Muitos, ao disfarçarem esses avisos com medicamentos, fazem o corpo pensar que tudo está bem. Ignoram a causa e permitem que o problema se agrave. 
.
O objetivo da Manipulação Vertebral é ajustar a vértebra ao seu lugar correto, devolvendo a biomecânica normal, tirando a compressão do nervo, facilitando a recuperação da postura correta e permitindo que a força da vida volte a fluir, deixando que o corpo funcione em sua capacidade total.
.
A Manipulação Vertebral devolve a função normal às articulações, tirando as compressões dos nervos, deixando o fluxo dos impulsos nervosos do cérebro chegar ao corpo. Assim, quando a interferência está corrigida, o fluxo volta ao normal e o corpo cessa de emitir sinais de alerta.
 
 

Aviso importante: antes de iniciar algum tipo de tratamento, procure um médico para orientação e avaliação completa do seu estado de saúde.