A importância da recuperação muscular para a saúde e controle da dor na coluna, dor nas costas e dor lombar.

….

A importância da recuperação muscular para a saúde e controle da dor na coluna, dor nas costas e dor lombar. Um exercício de força provoca pequenas lesões no músculo, que são “curadas” pelas proteínas sintetizadas por células do tecido muscular durante a atividade física. Essa regeneração é o que leva ao aumento da massa muscular. Mas, para o músculo se recuperar completamente, ele deve descansar por 48 horas
A importância da recuperação muscular para a saúde e controle da dor na coluna, dor nas costas e dor lombar
 
 
 
 
 

A importância da recuperação muscular para a saúde e controle da dor na coluna, dor nas costas e dor lombar

 
 

Especialistas indicam ações que auxiliam  o processo
 
 
 
Fazer atividades físicas regularmente é muito importante para a saúde, assim como descansar o corpo para a recuperação muscular. Pegar pesado demais nos exercícios e na malhação ou não respeitar o tempo de reabilitação do organismo pode causar danos aos músculos, como rigidez, contratura e perda de força.
 
A recuperação consiste na reposição das reservas energéticas que foram esgotadas durante a atividade física. “Esta recuperação vem como uma estratégia de minimizar a fadiga muscular decorrente da redução de glicogênio”, completa.
 
 
 
 

 
 
A recuperação consiste na reposição das reservas energéticas que foram esgotadas durante a atividade física. “Esta recuperação vem como uma estratégia de minimizar a fadiga muscular decorrente da redução de glicogênio”, completa.. A importância da recuperação muscular para a saúde e controle da dor na coluna, dor nas costas e dor lombar
A importância da recuperação muscular para a saúde e controle da dor na coluna, dor nas costas e dor lombar
 
 
 
 
 

Cada corpo se recupera de uma forma

 
Cada pessoa possui um tempo diferente para se recuperar. Por exemplo, um atleta e um não atleta têm treinos de frequência e intensidade diferenciadas. A recuperação ativa, com exercícios de volume e intensidade menores, tem demonstrado mais eficiência que o repouso absoluto ou a imersão no gelo,

 

 

+ Um sono de qualidade;
 
+ Nutrição adequada;
 
+ E boa respiração para oxigenar o corpo.
 
Em geral, ouve-se dizer que os músculos fazem o processo para se recuperar em 24 horas, mas o cálculo varia para cada organismo e deve ser feito por um especialista. Dependendo do tipo e intensidade dos treinamentos podem durar de 1 a 10 dias.

 
 
A importância da recuperação muscular para a saúde e controle da dor na coluna, dor nas costas e dor lombar. 8 dicas para melhorar a recuperação muscular pós-treino Alimente-se de forma adequada. ... Faça alongamentos antes e após a atividade física. ... Receba massagens. ... Utilize gelo para aliviar a dor. ... Mantenha um intervalo apropriado entre os treinos. ... Tenha um sono de qualidade. ... Mantenha o corpo sempre hidratado. ... Tome suplementos.
A importância da recuperação muscular para a saúde e controle da dor na coluna, dor nas costas e dor lombar
 
 
 

Alimentos que auxiliam na recuperação

 

O corpo precisa de energia e nutrientes para realizar seu processos. Por isso, alimentação balanceada é essencial. Durante o treino, aumenta-se o consumo de oxigênio e a produção de radicais livres – que em altas concentrações aumentam a incidência de lesões. O consumo adequado de alimentos antioxidantes permite um equilíbrio oxidativo, revertendo esse quadro.

 
Vitaminas como A, C e E, e minerais como zinco e selênio contribuem para a recuperação. Patrícia indica alguns alimentos que favorecem esse processo muscular:
 
+ Sementes oleaginosas, linhaça e cúrcuma;
 
+ Vegetais e frutas de cor vermelha ou roxa;
 
+ Cebola e alho;
 
+ Brócolis;
 
+ Alimentos com ômega 3.
 
Os suplementos alimentares, como o whey, auxiliam a recuperação exatamente dessa forma: fornecendo aceleradores do processo ao corpo. Eles contêm uma substância que inibe as reações oxidativas e fornece cisteína para a síntese de glutationa, um potente antioxidante.
 
 

Prejuízos de não dar o tempo de descanso

 

Sabotar essa importante etapa para os músculos pode refletir de maneira extremamente negativa. 
 
Os principais reflexos da falta de recuperação:
 
+ Alto risco de lesões por excesso de desgaste articular e músculo-tendíneo;
 
+ Déficit na reposição energética do músculo;
 
+ Dor intensa;
 
+ Rigidez muscular;
 
+ Perda de força;
 
+ Retardamento dos processos regenerativos;
 
 
Com o descanso adequado, conseguiremos resultados no desenvolvimento muscular, na recuperação fisiológica e no sistema músculo-tendíneo, prevenindo lesões e melhorando a qualidade dos próximos treinos.
 

Apenas para fins informativos. Consulte sua autoridade médica local para receber aconselhamento apropriado.Fontes: Hospital Israelita A. Einstein e outros. 

Apenas para fins informativos. Consulte sua autoridade médica local para receber aconselhamento apropriado. Fontes: Google e outros

Nervo Ciático inflamado, dor, travamento da Coluna, dificuldade para andar: o que causa, quais os sintomas e tratamento de nervo ciático inflamadoEste nervo se origina no plexo lombo sacro, ou seja, na região lombar. E é formado por diversas ramificações que se ligam às últimas vértebras e à base da coluna vertebral e atravessam o quadril, os glúteos, a coxa, o joelho e o tornozelo. Quando chega na metade do fêmur, o maior osso da coxa, o ciático se divide em fibular e tibial, que são ramificações que seguem pela perna.

A ciática ou ciatalgia é a dor ao longo do curso do nervo ciático, geralmente resultado de comprometimento de raiz nervosa na coluna, mas pode ser também por compressão ou inflamação do próprio nervo.

O dano ao ciático pode ocorrer dentro do canal espinhal, no forame intervertebral (espaço entre as vértebras por onde passa a medula espinhal) ou em algum outro ponto de seu percurso, já que atravessa vários músculos, fáscias (membranas de tecido fibroso que protegem os órgãos) e tendões. #nervociatico #vicomassagista #quiropraxia #saojosesc #florianopolis #palhoca #biguacu